toa-heftiba-XIAJd448FnY-unsplash.jpg

Nos relacionamentos familiares conturbados, existem 3 tipos mais comuns de pais:

1. OS AUSENTES: Pais que não participaram de alguma maneira da vida dos filhos. Podendo ser por trabalhar muito, ter algum vício ou que simplesmente não se interessavam. Exemplos: Acontece alguma coisa que você fica triste na escola, mas seus pais nem percebem. Nunca vão às reuniões escolares. Você não se sente visto, guardando tudo o que sente para si.

2. OS CONTROLADORES: Pais que ficam muito em cima, não toleram nenhum tipo de erro nem respeitam as escolhas individuais dos filhos. Tudo o que não está de acordo com as cobranças dos pais será rejeitado com agressividade. Exemplos: Quer ditar seus relacionamentos, suas roupas e não concorda com nenhuma das suas escolhas. Quando você faz algo errado é punido. Tem vergonha de compartilhar suas emoções.

3. OS AUSENTES E CONTROLADORES: São pais que não conhecem o seu filho, mas ainda assim querem controlar suas escolhas. Não participam da sua rotina, mas ficam te comparando com outras pessoas. Exemplos: Você tem habilidades para empreender, mas seus pais querem que você seja advogado ou concursado.

Quando a criança cresce e se torna um adulto, pode  não acreditar no seu potencial e continuar vivendo baseada naquilo que os pais pregavam

Durante a terapia você poderá ressignificar essas questões. Aprender a se perceber e fazer escolhas com mais autonomia

Problemas familiares

Você teve pais assim? Entre em contato comigo.

Obrigado pelo envio!

Ou fale comigo direto no Whatsapp:

P_20210401_121509 (1).jpg